Como limpar o intestino de fezes acumuladas

Cuidar do intestino é cuidar da saúde geral. É através dele que ocorre a absorção dos nutrientes que mantêm o nosso organismo a funcionar. Contudo, muitas vezes negligenciamos a saúde intestinal, o que pode levar à acumulação de fezes, o que gera desconforto e compromete a saúde. Neste artigo, vamos detalhar como limpar o intestino de fezes acumuladas, adotando medidas seguras e eficazes.

O intestino

É importante entender o papel crucial que o intestino desempenha no nosso corpo. Este órgão, que compreende tanto o intestino delgado como o intestino grosso, tem a função primordial de processar os alimentos, extrair os nutrientes necessários e eliminar o resto. Quando o processo é interrompido ou prejudicado de alguma forma, podem ocorrer complicações, como a acumulação de fezes.

Leia também » Alimentos com vitamina B12

Passo a passo: como limpar o intestino de fezes acumuladas

Beber muita água

O primeiro passo, uma das formas mais eficazes de limpar o intestino é aumentar a ingestão de água. O corpo humano é composto em grande parte por água, e a falta dela pode dificultar o processo de evacuação, resultando na acumulação de fezes.

Por exemplo, imagine que é um agricultor a tentar irrigar um campo. Se a água disponível for insuficiente, as plantações não crescerão adequadamente, certo? O mesmo acontece com o nosso intestino. Sem a quantidade adequada de água, os resíduos alimentares não se movem eficientemente, resultando em acumulação e prisão de ventre.

Conheça » Os 7 piores alimentos para o fígado

Incorporar mais fibras na dieta

A fibra alimentar é outra peça fundamental no processo de limpeza intestinal. A fibra, presente em alimentos como frutas, vegetais e grãos integrais, auxilia na formação do bolo fecal e promove um trânsito intestinal regular.

Como exemplo, pense numa esponja que absorve a água. A fibra atua de maneira semelhante no nosso sistema digestivo, absorvendo água e aumentando o volume das fezes, facilitando a sua passagem pelo intestino.

Praticar atividade física regular

Terceiro passo, a atividade física regular também pode contribuir significativamente para a saúde intestinal. Os movimentos realizados durante o exercício físico estimulam o trânsito intestinal, ajudando a prevenir a acumulação de fezes.

A título de exemplo, podemos pensar no exercício físico como um impulso para o nosso sistema digestivo. Assim como um carro precisa de um motorista para se mover, o nosso intestino precisa de estímulos para funcionar de maneira eficaz.

Descubra » Como desentupir o ouvido rapidamente

Considere o uso de probióticos

Quarto passo, os probióticos, ou “bactérias boas”, têm um papel crucial na saúde intestinal. Eles podem ajudar a melhorar a digestão, a absorção de nutrientes e a regulação intestinal, tornando-se num aliado para limpar o intestino de fezes acumuladas.

Os alimentos fermentados são uma excelente fonte de probióticos. Alimentos como iogurte, kimchi, kefir e kombucha são ricos nessas bactérias saudáveis e podem ser facilmente incluídos na sua dieta. Pode ainda experimentar fazer picles de pepino em casa, juntando água e sal e deixar fermentar.

Além disso, o consumo de prebióticos, que são alimentos para as nossas bactérias intestinais, também é crucial. Alimentos ricos em prebióticos incluem bananas, alho, cebola, maçãs, alcachofras, e muitos outros.

Veja a lista completa » Alimentos ricos em ferro

Outra dica é evitar o uso excessivo de antibióticos, pois eles podem perturbar a flora intestinal saudável. O uso de antibióticos deve ser sempre sob a supervisão de um profissional de saúde e apenas quando absolutamente necessário.

Modere o consumo de alimentos processados

Os alimentos processados, ricos em gorduras saturadas e açúcares, contribuem para um trânsito intestinal mais lento. Estes produtos têm poucas fibras e muitos aditivos que podem alterar o equilíbrio da flora intestinal, podendo causar prisão de ventre.

Imagine o seu sistema digestivo como uma máquina de alta performance. Assim como uma máquina precisa de combustível de qualidade para funcionar eficientemente, o seu corpo precisa de alimentos saudáveis para assegurar um bom funcionamento intestinal.

Conheça os vilões » Colesterol alimentos a evitar

Massagens abdominais

Uma das práticas mais subestimadas na manutenção de um trânsito intestinal saudável é a massagem abdominal. Este método, que tem sido usado em diferentes culturas ao longo de séculos, envolve a aplicação de pressão manual em áreas específicas do abdómen para ajudar a estimular o movimento intestinal e aliviar a prisão de ventre.

A massagem abdominal funciona de maneira bastante simples e intuitiva. Pense nela como um “empurrão” suave para o seu sistema digestivo, auxiliando na movimentação das fezes pelo intestino. É uma forma de pressão que estimula a mobilidade do intestino, facilitando a passagem das fezes.

Para realizar uma massagem abdominal eficaz, deve começar na parte inferior direita do abdómen, perto da virilha. A partir daí, aplique uma pressão suave e constante, movendo-se para cima em direção às costelas. A seguir, atravesse para a esquerda, mantendo a mesma pressão. Finalmente, desça para a parte inferior esquerda do abdómen. Este movimento deve formar um círculo, semelhante ao percurso do intestino grosso.

Poderá ter interesse » Olhos inchados ao acordar

A massagem abdominal pode ser realizada diariamente, e é especialmente útil quando feita após as refeições ou antes de dormir. No entanto, é importante ser gentil e não aplicar pressão excessiva. Se sentir dor em algum momento, pare imediatamente e consulte um profissional de saúde.

Em suma, a massagem abdominal é uma técnica simples, mas poderosa, que pode ajudar a estimular o trânsito intestinal, contribuindo para a limpeza do intestino de fezes acumuladas.

Procurar ajuda médica se necessário

O último passo, caso continue a experienciar problemas de trânsito intestinal, mesmo após adotar as dicas mencionadas, é crucial procurar orientação médica. Um profissional de saúde poderá avaliar a sua situação individualmente e sugerir tratamentos mais específicos.

Limpar o intestino de fezes acumuladas é um processo que requer atenção e cuidado. A ingestão adequada de água, uma dieta rica em fibras, a prática regular de exercício físico, a moderação no consumo de alimentos processados e optar pelo uso de probióticos podem todos contribuir para a manutenção de um trânsito intestinal saudável.

Contudo, a chave para um intestino saudável é o equilíbrio e a adoção de um estilo de vida saudável a longo prazo. Se problemas persistirem, nunca hesite em procurar orientação médica. 

Em suma: o que fazer quando as fezes estão duras e não saem?

Ação Recomendação
Hidratação Aumentar a ingestão de água. A água ajuda a amolecer as fezes e facilitar a sua passagem.
Exercício físico Praticar regularmente atividades físicas. O movimento ajuda a estimular a atividade intestinal.
Alimentação rica em fibras Incluir na dieta alimentos como frutas, vegetais e grãos integrais. As fibras ajudam a aumentar o volume das fezes, tornando-as mais macias.
Redução de alimentos processados Diminuir o consumo de alimentos processados, que são geralmente pobres em fibras e podem contribuir para a constipação.
Hábitos saudáveis de evacuação Tentar ir à casa de banho no mesmo horário todos os dias. O nosso corpo gosta de rotinas e pode adaptar-se a um horário regular.
Limitar a ingestão de cafeína e álcool Estes podem levar à desidratação, que pode causar constipação.
Laxantes Recorrer a laxantes, se necessário. Estes devem ser sempre utilizados sob orientação médica.
Suplementos de fibras Considerar suplementos de fibras se a ingestão dietética não for suficiente. Devem ser tomados com bastante água.
Consulta médica Se as medidas anteriores não resolverem o problema ou se existir desconforto significativo, deve-se procurar orientação médica.

Image by benzoix on Freepik

✅ Veja também:

Como matar baratas com vinagre

Desodorizante pedra de alúmen

Como escolher melancia

Pedro Novais

Entusiasta de lides domésticas, alia o seu gosto à alimentação saudável e prática desportiva. É rara a semana que não joga uma "futebolada" com os amigos.